Follow by Email

domingo, 1 de julho de 2012

3.1 Assédio moral no trabalho


Em empresas de todo tipo é muito comum observarem-se cenas de assédio moral no trabalho. Tal tipo de violência se configura quando  alguém se prevalece do fato de ser detentor de poder sobre o subordinado para humilhá-lo, exigir além do que é de sua competência, e o ameaça de perda do emprego. Eu mesma recebo pacientes se queixando do chefe, seja ele um proprietário de escola, abusando dos professores, chefes de repartições públicas humilhando determinado servidor, e até patroas subjugando suas empregadas domésticas, fato que não se observa só nas novelas, mas na vida real com muito mais freqüência do que se imagina. Cabe processo na justiça, creio eu.

3- Violência institucional



Uma das formas de violência mais velada é a institucional, que abriga no seu bojo vários tipos de violência, como o assédio sexual, assédio moral no trabalho, bullying e outros. As vítimas geralmente não percebem que estão sofrendo violência. Um belo exemplo é o do funcionário de alguma empresa que sofre perseguições dos seus superiores, ou o paciente que é humilhado em hospitais públicos meramente pela sua condição de segurado do SUS, por exemplo. Há inúmeros exemplos de episódios que se repetem diariamente, sem que as pessoas se dêem conta da situação. Mal sabem, tanto vítima quanto agressor, que tal ato cabe um processo na justiça.